Saiba Tudo o Que Precisa Ter Para Redigir Uma Ata de Reunião

Saiba Tudo o Que Precisa Ter Para Redigir Uma Ata de Reunião
15/06/2020

Por mais informal que uma reunião possa ser, é essencial manter uma formalidade para posterior consulta e esclarecimento de todos os integrantes presentes e não presentes. Para isso, é indispensável saber como redigir uma ata de reunião. 

Acompanhe no e-Diário como preencher este documento importante! 

O que é uma ata de reunião?

A ata de reunião nada mais é do que um registro oficial de tudo o que foi abordado durante a conversa. É um documento onde constarão os assuntos discutidos e decisões tomadas por cada um dos participantes, por exemplo.

Mas por que a ata é tão importante? Para atestar que todos os integrantes presentes estejam cientes do que foi discutido e, posteriormente, servir como base de consulta de informações registradas por aqueles que tiverem interesse.  

Cuidados ao redigir uma ata de reunião

Porém, para elaborar uma ata de reunião, que seja útil para todos os que a consultarem, é importante manter a clareza de linguagem e escrita. Veja os seguintes passos e aprenda a elaborar uma:

Anote os nomes de todos os presentes

Esse passo é fundamental para iniciar o documento. Após colocar o nome da empresa, data, local e hora da reunião, adicione os nomes dos participantes e seus respectivos cargos. Todos presentes na sala devem ser citados.

Crie tópicos

Não tente transcrever todas as frases ditas pelos presentes, isso será impossível! Procure pela construção de tópicos no seu texto. Por exemplo, cite as principais decisões e ideias de cada um dos integrantes apontando seus respectivos nomes. 

Divida as pautas

Organizar os assuntos tratados em categorias pode ser uma forma prática de consultar novamente o documento. Também ajudará na condução da reunião, afinal, tratar de temas separados e finalizar as decisões sobre cada um evitará a mistura e desvio de foco na discussão.

Faça no computador ou use um gravador

Escrever tudo à mão pode ser uma missão quase impossível em reuniões longas. Logo, busque o auxílio de um notebook ou desktop. Assim, você agiliza o seu posterior trabalho de passar todas as anotações para um documento digital.

Além disso, outra alternativa é o gravador de voz, caso não quiser perder nenhuma informação. O ideal é procurar uma alternativa que mais contemple o seu trabalho e estilo de reuniões.

Torne o documento acessível

Todos devem ter acesso a ata da reunião, seja com a publicação em algum veículo oficial, dependendo da formalidade envolvida, ou pelo simples compartilhamento por e-mail. Esse documento deve ficar disposto para eventuais consultas ou necessidade de retomada de discussões.

Agora que você já sabe do que precisa para montar sua ata de reunião e os cuidados para o documento, continue acompanhando as matérias do e-Diário Oficial para mais dicas!

Por: Leonardo Silva

Nem tudo pode ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) e do Estado (DOE) e o Leonardo entende bem disso. Com todo o seu conhecimento na área jurídica, ele sabe exatamente que tipo de conteúdo será aceito ou não na etapa de aprovação da matéria pela a Imprensa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais