O Que Não Deve Faltar No Seu Balanço Patrimonial?

O Que Não Deve Faltar No Seu Balanço Patrimonial?
17/02/2020

O balanço patrimonial  é um relatório de gestão de suma importância para as empresas. Muitos empreendedores tem consciência da existência dele, mas não sabem como fazê-lo adequadamente e nem que tipo de informação deve conter. Confira no artigo um pouco mais sobre o tema e tire todas as suas dúvidas!

O que é o balanço patrimonial?

O balanço patrimonial é um relatório contábil que apresenta todas as movimentações financeiras de uma empresa em relação a um período determinado. Nele consta todos os registros contábeis do negócio, ou seja, bens, direitos, investimentos, fontes de recurso e toda a situação patrimonial no geral.

Geralmente, quem coleta todas as informações e prepara o documento é a contabilidade financeira — o contador. Ele irá organizar e classificar todos os registros em blocos para que seja de fácil visualização para o empreendedor e gestores da empresa. 

Como o documento é feito?

Você já sabe que o balanço patrimonial é o registro dos fatos contábeis de uma empresa, certo? Mas como montar

Depois de obter todas as movimentações financeiras em mãos, o contador irá realizar a escrituração das análises em um livro diário — cada empresa possui um e é como se fosse um histórico contábil. Em seguida, irá separar as análises em três categorias padrão:

Ativos

Os ativos são caracterizados em dois: circulantes e não circulantes. Os circulantes podem ser fluxos de caixa, estoques ou contas a receber, por exemplo. Eles estão disponíveis em curto prazo dentro da empresa, menos de um ano.

Já os não circulantes são as contas de longo prazo e que permanecem na empresa por mais de um ano de atividade. Por exemplo, os equipamentos móveis ou veículos que a organização tem.

Passivos

Os passivos também podem ser classificados em circulantes e não circulantes. Os circulantes são as obrigações que a empresa possui a curto prazo, em menos de 12 meses. Por exemplo, as dívidas com fornecedores.

Os passivos não circulantes são os registros a longo prazo e que podem levar mais tempo a serem pagas. Os empréstimos aos bancos, por exemplo, geralmente são pagos durante anos e podem ser classificados aqui. 

Patrimônio líquido

É o capital que a empresa possui. A diferença do valor total entre ativos e passivos, tais como, atividades, investimentos, acionistas, entre outros. 

Gostou de saber como funciona o balanço patrimonial? Para mais assuntos assim, continue acompanhando o E-Diário Oficial

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais