Saiba Como Trabalhar nas Eleições 2018

Saiba Como Trabalhar nas Eleições 2018
17/04/2018

As eleições 2018 estão chegando e com elas uma nova oportunidade de exercer a cidadania. Trabalhar durante as eleições como mesário e fiscal é uma maneira de participar ativamente do processo democrático, além do voto. Sabia que são vários benefícios ao prestar serviços na eleição?

 

Gostou do tema? Continue lendo este artigo e saiba como trabalhar nas eleições 2018.

 

Afinal, como trabalhar nas eleições 2018

 

O cidadão que tiver interesse de trabalhar como voluntário nas eleições poderá ser nomeado como mesário e, assim, irá compor as mesas para organização da votação. A convocação é feita pelo juiz eleitoral seguindo critérios preestabelecidos pela lei. O trabalho consiste em realizar toda a organização necessária na seção eleitoral e orientar o eleitor no dia da votação. Fora isso, eles são responsáveis por garantir a segurança.

 

Para trabalhar como mesário, é preciso realizar uma inscrição voluntária em um cartório eleitoral na zona de votação do voluntário ou pela internet, por meio de um formulário disponível no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para participar do processo, o candidato deverá ter mais de 18 anos, está em situação regular com a justiça eleitoral e com formação em nível superior. Qualquer eleitor pode ser escolhido para trabalhar, exceto candidatos e seus parentes, membros de diretórios de partidos políticos, agentes policiais e funcionários do executivo, entre outros.

 

Entenda como é o trabalhar nas eleições

 

De acordo com o TSE, na eleição de 2014 foram 1,3 milhões de voluntários. As funções entre os colaboradores podem ser divididas em: presidente da mesa receptora de votos e justificativas, primeiro e segundo mesário e primeiro e segundo secretário e suplente. Antes do início do trabalho, o mesário recebe um treinamento do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de cada estado. São abordados os temas como ética em suas atividades, processos necessários para a ocorrência da votação, acessibilidade e outros fatores importantes para a realização do trabalho.

 

Vantagens de trabalhar nas eleições 

 

Quem decide trabalhar nas eleições consegue alguns benefícios, como auxílio-alimentação para os dias de serviço, é dispensado do serviço pelo dobro de dias trabalhados, créditos em matérias em cursos de ensino superior, caso tenham convênios com o TRE e ainda tem prioridade na hora de desempate em concursos públicos, caso exista cláusula no edital.

 

Porém, caso o voluntário selecionado não compareça, deverá ser enviada uma justificativa ao juiz eleitoral em até cinco dias após a data da convocação. Caso, o imprevisto ocorra após o período estabelecido, existe uma tolerância. Porém se o colaborador não se manifestar até a data da eleição e não comparecer na hora e data marcada, é estabelecido um prazo de 30 dias. Se não forem prestados esclarecimentos, o mesário é multado pelo justiça federal.

 

Gostou deste artigo? Entendeu como trabalhar nas eleições 2018? Saiba que é uma maneira muito válida de exercer sua cidadania. Para receber mais dicas como essa, fique atento às novidades do blog do E-diário oficial!   

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais