O Que é Balancete?

O Que é Balancete?
17/04/2019

Balanço e Balancete, são a mesma coisa? Quem é da área contábil já deve ter se acostumado com esses dois importantes relatórios, mas para empreendedores inexperientes, os dois termos podem ser facilmente confundidos. 

Para lhe ajudar a entender melhor do assunto, explicaremos neste artigo a diferença e o que é cada um deles. Acompanhe!

O que é Balanço?

O Balanço Patrimonial é obrigatório, sendo uma das mais importantes obrigações de termos contábeis dentro de uma empresa. Essa atividade é realizada por um contador especializado e é apresentada anualmente, permitindo averiguar de forma quantitativa e qualitativa a situação financeira e patrimonial da organização.

O Balanço Patrimonial é ainda composto por três importantes elementos:

  • Ativo: são recursos da empresa representados por bens e direitos, como imóveis, estoques, ações, maquinários, entre outros;
  • Passivo: diz respeito ao financeiro da empresa tais como despesas, contas a pagar, juros, entre outros;
  • Líquido: é o que a empresa possui em termos de “caixa”, ou seja, uma junção entre o ativo e o passivo. 

É importante lembrar que apenas os microempreendedores (MEI) não precisam entregar o Balanço Patrimonial.

O que é Balancete?

Já o Balancete é um demonstrativo não obrigatório, isso mesmo, não é necessário fazê-lo. Porém, é importante para evitar possíveis erros na contabilidade da empresa. 

Pode ser feito diariamente, quinzenalmente ou mensalmente, desde que conte com todos os saldos de contas em determinado período. O Balancete é de uso interno e usado de modo estratégico para cada empresa.

Qual a importância do contador para o sucesso da minha empresa?

Como você já deve ter reparado, para quem tem empresa é indispensável um contador para que o empreendimento cresça de forma segura e saudável. Os contadores costumam acompanhar o desenvolvimento da instituição, registro na Junta Comercial e providenciam a regularização da mesma em vários órgãos. 

No geral, este profissional ajuda na estruturação contábil, planejamento fiscal, financeiro, além de ser capaz de medir o retorno do capital investido. Portanto, recomenda-se que todo empreendedor busque ajuda de um contador qualificado antes e durante o processo de construção da empresa. 

Conheça algumas situações importantes que é preciso de um contador:

  • carga fiscal;
  • organização trabalhista;
  • pró-labore;
  • lucros;
  • diagnóstico financeiro.

Conseguiu entender as diferenças entre Balanço e Balancete? Então, agora que você já sabe fica mais fácil de elaborar e aplicar esses relatórios na sua empresa. Continue acompanhando sempre as matérias do E-diario!

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais