Entenda Por Que Publicar o Balanço Patrimonial

Entenda Por Que Publicar o Balanço Patrimonial
24/09/2018

Você sabe por que publicar o balanço patrimonial em jornais é tão importante? Essa publicação é considerada obrigatória, pois a elaboração do documento tem como objetivo mostrar todas as ações realizadas na empresa, com relação ao setores financeiro, administrativo, econômico, etc. Sendo assim, é de extrema relevância a divulgação deste tipo de informação, mantendo a transparência do que é realizado dentro das instituições.

Quem pode ver a publicação de um balanço patrimonial?

Ao publicar o balanço patrimonial no Diário Oficial, qualquer pessoa que consumir os jornais oficiais poderá ver as informações que constam no documento. Assim, sua empresa garante que todos os procedimentos estão de acordo com a lei.

Por que publicar o balanço patrimonial?

Além do que já foi dito sobre a importância deste documento com relação à transparência, um dos fatores principais é deixar que a sociedade saiba como está a real situação de sua empresa. 

Principalmente quando falamos sobre sociedades anônimas ou companhias que vendem suas ações no mercado. Para conseguir acompanhar como está, de fato, as questões financeiras e administrativas da empresa, verificar o balanço patrimonial é a melhor opção. Assim, é possível conferir se a companhia que está investimento está oferecendo resultados satisfatórios e cumprindo a palavra. 

Além disso, ao se perguntar “por que publicar o balanço patrimonial em jornais?”, pode-se dizer que esse instrumento facilita a análise da empresa e sua comparação com meses e anos anteriores. Outra questão é formalizar este documento e se, por algum motivo, ele ser perdido nos arquivos da empresa, estará resguardando na publicação do Diário Oficial. 

O que deve constar no balanço patrimonial?

Sobre o que deve ser inserido ao elaborar um balanço patrimonial, podemos citar algumas informações básicas:

  • nome da empresa e seu cadastro nacional de pessoa jurídica (CNPJ);
  • número de identificação do registro de empresas (Nire);
  • demonstração de resultado do exercício, da origem e da aplicação;
  • demonstração das mutações do patrimônio líquido;
  • notas explicativas.

Além disso, três fatores são de extrema importância e devem estar inseridos no documento com total clareza. São eles:

  • ativos — englobam todos os bens e direitos que a empresa possui, sendo itens de estoque, matéria prima, investimentos, entre outros;
  • passivos — os referentes às obrigações e dívidas que a empresa tem com terceiros, como fornecedores, prestadores de serviços, colaboradores e órgãos do setor público;
  • líquido — consiste em concentrar o valor líquido da empresa, sendo este cálculo feito a partir da diferença entre os valores de ativos e passivos, já levando em conta o lucro, prejuízo e a injeção de capital.

Ao fim do documento, deve constar uma declaração de responsabilidade e confiabilidade das informações com assinatura contendo nome, documento (RG e CPF), local e data.

Entendeu por que publicar o balanço patrimonial é essencial? Continue acompanhando as notícias do E-Diário para mais informações como esta!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais