Características da Reforma Política — Entenda O que É

Características da Reforma Política — Entenda O que É
16/05/2019

Bandeira de diversos partidos e movimentos sociais brasileiros dos últimos anos, a Reforma Política é tema de diversos noticiários e a divergência de opiniões e diferentes posicionamentos causam algumas dúvidas aos brasileiros. Entenda as características da Reforma Política a seguir e veja o que isso significa.

Definição de Reforma Política

A Reforma Política é uma série de medidas e alterações legais criadas para alterar o sistema eleitoral político a fim de corrigir falhas, desigualdades ou distorções que são promovidas ao longo do tempo.

Com a Reforma Política, o principal objetivo é o combate aos problemas que existem no meio político como, por exemplo, a corrupção.

Além disso, existe uma grande discussão sobre como essa reforma deve ser feita no Brasil, já que a medida envolve diversos fatores e, dependendo da forma que ocorrer, poderá até mesmo ampliar ou reduzir a democracia e a participação da população no processo eleitoral e nos espaços decisórios da soberania nacional.

Como a reforma pode ocorrer?

A Reforma Política pode ocorrer de diversas formas. Entre elas, por uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que modificaria algumas cláusulas da Constituição que a Reforma defende como a reeleição, por exemplo, que hoje é permitida somente por um período subsequente.

Outra forma de ocorrer a Reforma é por uma Assembleia Constituinte.

Características da Reforma Política atualmente

Hoje, a regra atual é uma combinação entre o sistema majoritário com o sistema proporcional de lista aberta.

Com isso, as eleições abertas à Presidência da República, Senado, governos e prefeituras seguem a regra do sistema majoritário em um ou dois turnos. Nele, vencem aqueles que obtêm o maior número de votos.

Deputados e vereadores, nesse caso, seguem o sistema proporcional de lista aberta.

Ou seja, é considerado o número de vagas a que um partido ou coligação tem direito e, a partir dele, são contados o total de votos válidos que obtiveram, o chamado coeficiente eleitoral.

Já as vagas no legislativo são ocupadas pelos mais votados dentro de cada partido/coligação.

Essa regra permite que um candidato de um determinado partido ou coligação tenha um número menor de votos do que o concorrente e mesmo assim consiga ficar com a vaga.

Pautas principais da Reforma Política

Agora que entendeu as características da Reforma Política, vamos falar sobre as pautas principais.

Dentre elas, destaca-se a questão do financiamento de campanha.

Hoje, as candidaturas são financiadas por verbas públicas ou privadas. A proposta é que a reforma acabe com essa prerrogativa. Outra questão polêmica é em relação às coligações partidárias e proporcionalidade dos votos.

Essas são as pautas que mais geram debates. Porém existem outros pontos que também fazem parte de uma possível Reforma Política como o fim do voto obrigatório, proibição da reeleição, entre outros.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então você também vai gostar de ler sobre:

Continue acompanhando a área de notícias do E-Diário Oficial e mantenha-se sempre informado. 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais