É Possível Terceirizar uma Publicação no Diário Oficial?

É Possível Terceirizar uma Publicação no Diário Oficial?
05/07/2018

Terceirizar uma publicação no Diário Oficial pode ser a opção ideal para você. Isso porque as matérias feitas para o Diário Oficial da União ou o Diário Oficial do Estado precisam seguir regras e padrões definidos.

No Diário Oficial, é possível publicar informações como avisos, balanços patrimoniais, abandono de emprego, resoluções etc. Algumas são consideradas obrigatórias e há uma burocracia para publicação. Abaixo, você confere o porquê é ideal terceirizar a publicação no Diário Oficial.

Como fazer uma publicação no Diário Oficial

Publicar nos jornais oficiais requer um prévio conhecimento sobre o assunto. Para fazer uma publicação no Diário Oficial, é necessário conhecer o que pode ou não registrar nele, quais seções existentes, quais as normas de formatação que precisam ser seguidas, como é o passo a passo, entre outros detalhes.

Também é necessário realizar um cadastro na Imprensa Nacional — INCom. Isso é para garantir mais segurança no envio das publicações. É preciso ainda contar com um Certificado Digital para, assim, ter acesso ao Sistema de Envio Eletrônico de Matérias – INCom.

Além do mais, o melhor é sempre evitar erros, pois a cada equívoco cometido no envio do documento, irá gerar mais gastos ao bolso e tempo pedido, uma vez que é necessário realizar notas de retificação nesse caso.

Por isso, terceirizar a publicação no Diário Oficial pode ser a melhor saída.

Como terceirizar a publicação no Diário Oficial

Para otimizar o tempo, evitar erros e seguir todas as regras corretas, o ideal é terceirizar sua publicação no Diário Oficial. Isso pode ser feito por meio de uma agência de publicidade legal, que realiza esse intermédio.

O E-Diário Oficial é uma das agências que conta com o serviço de terceirização para o Diário Oficial de forma segura e competente. A intermediação é ágil, prática e desburocratiza o processo de publicação.

Para contratar a terceirização, basta se cadastrar no site do E-Diário e encaminhar os documentos nos formatos .doc (Word) e .xls (Excel). Após o envio, será realizado um orçamento e, com tudo aprovado, a equipe do portal dará sequência ao processo de envio de publicações ao Diário Oficial.

Viu só como é fácil? Para saber mais detalhes sobre como terceirizar sua publicação no Diário Oficial, acesse nossos conteúdos do site e informe-se.

Tire suas dúvidas sobre como terceirizar uma Publicação no Diário Oficial.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais