Como Funcionam o Curto Prazo e o Longo Prazo na Contabilidade?

Entenda o conceito de curto prazo e longo prazo na contabilidade e como estes são aplicados

Como Funcionam o Curto Prazo e o Longo Prazo na Contabilidade?
22/05/2018

Para entender como funcionam o curto prazo e longo prazo na contabilidade, deve-se compreender primeiro do que se trata um balanço patrimonial, que nada mais é do que a demonstração contábil da situação patrimonial de uma empresa em determinado momento. Sua composição é feita de acordo com as regras do Conselho Federal de Contabilidade e da Legislação Comercial.

 

Além disso, o balanço só pode ser elaborado por um profissional legalmente habilitado, o motivo é a credibilidade junto aos órgãos públicos, instituições financeiras e fornecedores.

 

Dito isto, fica mais fácil compreender o que são curto e longo prazo respectivamente, contudo, saiba que as peças que compõem um balanço são o próprio Balanço Patrimonial  e a Demonstração de Resultado do Exercício.

 

Curto prazo e longo prazo na contabilidade

 

Ao apresentar um balanço patrimonial de uma empresa, entre os dados contidos no documento estão todas as contas a receber e a pagar no próximo exercício. O curto prazo dentro da contabilidade diz respeito a todos estes bens e direitos realizáveis em moeda ou passíveis de conversão e as obrigações com vencimento até o término do exercício social (ano) seguinte. Caso a empresa possua um ciclo operacional maior do que o período de 12 meses, a classificação como curto ou longo prazo terá por base o prazo do ciclo correspondente.

 

Já o longo prazo na contabilidade, identifica um período superior a um ano. Desse modo, podemos citar como exemplo o financiamento de um banco de desenvolvimento, com resgate de dívida após cinco anos, essa dívida seria considerada de longo prazo.

 

Entenda melhor…

 

Exemplificando o curto prazo e longo prazo na contabilidade: suponha que uma empresa tenha seu exercício social encerrado em 31/12/2018. A partir disso, todas as contas a receber ou a pagar em 2019 deverão ser classificadas como curto prazo; e todas as contas a receber ou a pagar em 2020, 2021 e assim sucessivamente serão classificadas como longo prazo.

 

Qual a importância do balanço patrimonial e sua composição

 

Essencial para a gestão financeira de uma empresa, o balanço patrimonial deve ser bem compreendido como um todo, incluindo os conceitos de curto prazo e longo prazo na contabilidade. Isso porque será muito mais fácil traçar planos para a organização.

 

Além disso, quando combinado à Demonstração do Resultado do Exercício, pode auxiliar na geração de importantes informações sobre o faturamento, nível de recebimentos, ticket médio, entre outros dados que podem ser utilizados de acordo com a necessidade da gestão.

 

Gostou de saber mais sobre curto prazo e longo prazo na contabilidade? Deixe seu comentário e continue acompanhando as matérias no E-diário Oficial!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais