Importância da Contabilidade para a Gestão Patrimonial das Empresas

Saiba porque a contabilidade é importante para a gestão patrimonial
26/05/2017

Para garantir a saúde de uma empresa, muitos cuidados são necessários e, certamente, fazer uma boa gestão patrimonial é uma delas. Mas, dependendo da instituição, é praticamente impossível garantir que esse tipo de gestão seja feito sem o auxílio dos profissionais da contabilidade, que garantem não apenas a saúde financeira, mas também a segurança dos bens de uma empresa.

E para que possa compreender melhor a real importância da contabilidade para a gestão patrimonial, veja os pontos levantados abaixo, que citam as principais contribuições dessa área para toda e qualquer empresa que objetive o sucesso.

Item essencial para a gestão patrimonial

Antes de ir direto às contribuições da contabilidade para a gestão patrimonial, é preciso destacar que esse tipo de gestão visa controlar e administrar todos os direitos, obrigações e bens de uma empresa. E vale lembrar: bem é tudo aquilo que tem valor financeiro, ou seja, pode ser comprado ou trocado por dinheiro.

Diante disso, encontra-se a primeira e grande importância da contabilidade para a gestão patrimonial. Afinal, quando se fala em números de bens, tangíveis ou não, e movimentação de dinheiro, quem melhor do que os contadores para fazer um bom controle e administração?

Uso adequado de ferramentas

Parte da importância da contabilidade para a gestão patrimonial das empresas está atribuída ao uso de ferramentas contábeis. Elas são úteis para garantir um levantamento fiel de bens, mas também podem ser muito complexas, integrar diversos sistemas e exigir cálculos e papeladas demoradas de se conseguir.

Por esses motivos, e a fim de evitar erros contábeis que podem prejudicar toda a empresa, os profissionais da área de contabilidade são tão recomendados para fazer a gestão patrimonial, pois possuem os conhecimentos necessários para lidar melhor com as ferramentas.

Elaboração de documentos importantes

Alguns documentos obrigatórios por lei também fazem parte e são importantíssimos para uma gestão patrimonial eficaz. Esse é o caso, por exemplo, do balanço patrimonial, cuja existência é exigida no Código Civil Brasileiro, e da DRE – Demonstração do Resultado do Exercício, que ajuda os empresários a avaliar toda a parte financeira da empresa.

A questão é que, dificilmente alguém que não tenha experiência na área contábil irá conseguir produzir tais documentos. Sendo, portanto, extremamente necessário o conhecimento dos contadores, que sabem exatamente como montar um balanço patrimonial, por exemplo, diferenciar ativos de passivos e incluir todos os itens essenciais em documentos desse tipo.

Garantia de um bom futuro financeiro

Diante de tudo que foi mencionado, a contabilidade ajuda a gestão patrimonial e torna-se útil para garantir um bom futuro financeiro para as empresas, já que é a área mais apta a fazer levantamentos e produzir, corretamente, os documentos referentes à patrimônios, garantindo análises mais confiáveis, informativas e boas para os investidores.

Portanto, caso seja um contador, não ponha em risco a gestão patrimonial das empresas para as quais trabalha. Use serviços rápidos e seguros, como a publicação de matérias no Diário Oficial da União ou nos Diários Oficiais dos Estados. Isso facilitará sua rotina, diminuirá suas tarefas e ainda contribuirá com a gestão patrimonial dos seus clientes, além de contribuir com o seu sucesso profissional. Acesse a página de serviços do E-Diário e confira!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais