Como Fazer Uma Ata Para as Suas Reuniões

Como Fazer Uma Ata Para as Suas Reuniões
08/05/2020

Reuniões de trabalho, de associações, assembleias ou outros tipos de organizações são úteis para debater as principais pautas de interesse do grupo, trazer sugestões, críticas e soluções para as situações. Por conta disso, é preciso fazer um documento que registre todas as resoluções. E, para que ele esteja dentro dos padrões, é essencial saber como fazer uma ata corretamente.

Continue lendo este artigo para entender melhor sobre o assunto!

O que é uma ata?

Ata é um documento que formaliza a realização e uma reunião. Nela são relatados todos os temas que foram abordados pelo grupo, de modo que oficializa o que foi dito e auxilia na clareza das informações que devem ser repassadas para outros interessados. 

Além disso, é um item obrigatório para a organização de debates sociais, como é o caso de assembleias, associações, equipes de trabalho ou mesmo moradores de condomínio.

Como fazer uma ata corretamente?

Não basta apenas criar um documento e colocar algumas informações no corpo do texto. É preciso saber como fazer uma ata da forma correta, já que ela pode servir para oficializações legais, como é o caso da criação de associações.

Veja só os itens principais que devem, obrigatoriamente, fazer parte da documentação:

  • cabeçalho: logo no início da ata é preciso colocar o título (por exemplo: Ata de Reunião Extraordinária), a data que foi realizado o encontro, o horário de início e término, além do local que cedeu espaço ao encontro;
  • integrantes: logo após, é preciso colocar a relação de pessoas que participaram da reunião, com a adição do cargo que ela ocupa naquela organização. Em caso de documentos de oficialização, é preciso colocar em anexo a assinatura de cada um. Para encontros rotineiros, não é necessário a firma;
  • pauta: o assunto principal pelo qual foi realizada a reunião;
  • categorização por tema: depois dessas informações iniciais, é preciso adicionar tópicos sobre cada um dos assuntos tratados. Dentro de cada um deles, é importante fornecer alguns detalhes sobre o que foi discutido, os dados mais relevantes levantados, entre outros tipos de dados;
  • resolução: qual foi a conclusão gerada por meio da discussão, as ações que serão tomadas a partir de então e os prazos para a execução das relatadas atitudes.

Agora que já sabe como fazer uma ata para as suas reuniões, continue lendo o portal e-Diário Oficial!

Por: Leonardo Silva

Nem tudo pode ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) e do Estado (DOE) e o Leonardo entende bem disso. Com todo o seu conhecimento na área jurídica, ele sabe exatamente que tipo de conteúdo será aceito ou não na etapa de aprovação da matéria pela a Imprensa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais