Como Enviar Uma Proposta de Preço Para Prefeitura?

Como Enviar Uma Proposta de Preço Para Prefeitura?
25/10/2019

Após conferir se sua empresa está apta para participar de um processo licitatório, é preciso saber como encaminhar a sua proposta de preço para a prefeitura do jeito certo. Afinal, esse é um processo decisivo na hora do órgão escolher os melhores candidatos para vencer a licitação.

Confira as dicas que o E-Diário Oficial preparou para você!

O que é uma proposta de preço?

A proposta de preço é o documento onde o licitante — quem faz a oferta — dispõe informações sobre os valores de seus serviços ou produtos para o órgão da administração pública, neste caso, a prefeitura.

Por isso, esse é um dos documentos mais importantes para a sua empresa dentro do processo licitatório.

Quem pode participar? 

O processo de licitação serve para que os Órgãos Públicos possam contratar do setor privado, serviços vantajosos a menor preço e maior qualidade possível. Assim, aplicam com mais responsabilidade, de forma justa e transparente os recursos públicos.

Há várias modalidades de licitação, e podem participar empresas que apresentarem e comprovarem os seguintes requisitos:

  • habilitação jurídica;
  • regularidade fiscal;
  • qualificação econômico-financeira;
  • qualificação técnica.

Por isso, para ser habilitado a participar de processo licitatório de prefeitura, é imprescindível comprovar o registro na Junta Comercial do Estado, Fazenda Federal, Estadual ou Municipal e ter situação positiva quanto o pagamento de impostos e encargos públicos.

Itens essenciais de uma proposta! 

Antes de elaborar a proposta de preço, é preciso analisar uma série de fatores essenciais do edital para descobrir se você terá a capacidade de fornecê-los. Leve em consideração o nível de qualidade, o local de execução, prazo de entrega e os custos para poder entregar o produto ou serviço.

Depois disso, vamos à elaboração. Primeiro, na introdução do documento você precisa fornecer dados básicos como:

  • razão social da empresa;
  • CNPJ;
  • e-mail;
  • telefone/fax;
  • endereço completo;
  • nome do representante legal, seu cargo, CPF e RG.

Também não esqueça de publicar as seguintes informações:

  • cidade e estado;
  • data da elaboração da proposta;
  • nome do portal de licitação responsável pelo processo de leilão;
  • setor para qual você encaminhará a proposta;
  • modalidade e número da licitação;
  • hora e data em que a licitação foi lançada.

Depois, você precisa descrever qual serviço ou produto está ofertando. Trate de forma extensa sobre cada item, de forma que fique claro por que você atende aos requisitos e porque o seu produto é de qualidade. Para esta parte, você pode ter como modelo o Projeto Básico ou Termo de Referência. Não esqueça de mencionar onde o serviço será realizado.

Defina de forma estratégica o valor que será cobrado pelos serviços fornecidos e inclua as formas de pagamento. Coloque também as despesas que sua empresa terá para realizar o projeto caso for escolhido.

Um ponto muito importante é incluir a validade da proposta. Preste atenção às indicações do edital, que muitas vezes exige que tenha um prazo mínimo entre 60 e 90 dias.

Agora que a elaboração da proposta de preço está pronta, você precisa fazer uma carta formal conforme modelo que a prefeitura deixa disponível, desta forma, a sua proposta pode chegar à seção correta deste órgão.

Agora que você já sabe como encaminhar as propostas de preço para a prefeitura, já pode conferir os demais conteúdos aqui no E-Diário Oficial.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais