Consultar uma MFD: Como Funciona?

Consultar uma MFD: Como Funciona?
14/03/2018

Consultar uma MFD é simples. Mas para entender como funciona esse processo, antes é preciso saber de que esse termo se trata. A Memória de Fita Detalhe diz respeito ao armazenamento eletrônico de todas as transações fiscais emitidas. Isso significa que tudo o que for impresso pelo equipamento fiscal será registrado em uma memória interna.

 

 

Esse processo é obrigatório e a exigência para emissores de cupom fiscal nos estados está descrita no site da Fazenda de cada um, basta consultá-lo. É importante ressaltar que o MFD precisa ser entregue até o 15° dia do mês, exclusivamente via internet, com os dados do mês anterior.

 

Como consultar uma MFD e entender o funcionamento da impressora?

 

 

Exigidas pelo Fisco, as impressoras tradicionais emitem a segunda via dos cupons fiscais em papel e devem ser armazenadas por cinco anos. Já as impressoras fiscais com tecnologia MFD poupam o papel, manutenção e tempo. Elas são ágeis e com o mecanismo de impressão térmica eliminam a necessidade de espaços físicos, já que o arquivamento é eletrônico.

 

 

Essa impressora, que auxilia na hora de consultar uma MFD, atende ao convênio ICMS 85/01 e seus adendos, proporcionando vários benefícios para quem adere a esse tipo de emissão fiscal.

 

 

Para fazer a consulta é muito simples. Basta acessar o site da Fazenda do seu estado e adicionar as informações solicitadas na página para ter acesso a validação dos dados. Para isso, é preciso estar com o CNPJ e número de protocolo em mãos. Também será solicitada a inserção de código de verificação apenas para garantir a segurança das informações.

 

 

Caso, além de saber como consultar uma MFD, você queira entender qual é o processo para fazer a transmissão, também vai perceber que é muito simples. Também no site da Fazenda do seu estado, na área de Transmissão do Arquivo MFD, é preciso adicionar o CNPJ, um e-mail, fazer o upload do arquivo e inserir o código de verificação. Caso seja uma retificação, também há um campo para adicionar o protocolo anterior.

 

 

Agora que você já sabe que consultar uma MFD é fácil, acesse o site da Fazenda e faça a checagem. Continue acompanhando o E-Diário e saiba mais sobre novas tecnologias nas emissões fiscais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais