O Que é Lavrar Ata de Reunião?

O Que é Lavrar Ata de Reunião?
20/05/2020

Alguma vez, você já teve que lavrar ata de reunião? Afinal, o que significa esse termo? Se por acaso você já participou de uma reunião, assembleia ou convenção, provavelmente, um relatório sobre tudo o que foi abordado fora criado. Esse documento leva o nome de ata e deve ser lavrado de modo que impossibilite a introdução de modificações.

Confira mais sobre o assunto no artigo abaixo!

O que é ata de reunião?

Uma ata de reunião nada mais é do que um documento que registra e relata tudo o que aconteceu em uma determinada reunião. Com ela, é possível evitar esquecimento por parte dos membros sobre o que fora acordado, evitar problemas futuros e até mesmo consultá-la para tirar dúvidas posteriores. 

Dependendo do objetivo e da contextualização da reunião, há várias espécies de ata, como a de assembleia, geral, extraordinária, assembleia geral ordinária, condomínio, entre outras. 

Podemos definir, então, que esse documento nada mais é do que um relatório digitalizado ou manuscrito, que tem o poder, de maneira clara e precisa, sintetizar as ocorrências verificadas.

Quem pode redigir a ata de reunião?

A ata é de responsabilidade de um secretário efetivo e deve ser redigida por ele. Porém, em caso de sua ausência, deve-se escolher outro secretário para executar a função àquela determinada reunião. 

O que é e como lavrar ata de reunião?

A ação de lavrar ata de reunião impossibilita que haja modificações referente a estrutura, condições acordadas, membros presentes, assinaturas, entre outros pontos. Ou seja, fazer o lavramento é uma forma segura de garantir, em livro próprio ou folhas soltas, a validação do documento. 

Depois da reunião, a ata deve ser assinada pelo presidente, secretário e, muitas vezes, pelos participantes. Podemos dizer, então, que lavrar é o ato de deixar registrado, isto é, escrito os principais pontos do encontro.

Estrutura básica de uma ata

A ata de reunião pode ser padronizada ou personalizada de acordo com as necessidades do encontro. Porém, a estrutura deve manter-se fiel a alguns pontos, com:

  • dia, mês, ano e hora da reunião (por extenso);
  • local;
  • relação e identificação das pessoas presentes;
  • declaração do presidente e secretário;
  • ordem do dia;
  • fecho.

Veja abaixo um modelo de abertura de ata, após o cabeçalho:

Ata da Assembleia de Condomínio, xx/xx/xxxx, coloca-se:

”Aos____dias do mês de___ do ano de _____, às____horas, na sede social da____, na Rua______, nº____, São Paulo, SP, reuniram-se______”

E aí, aprendeu a como lavrar ata de reunião? Gostou do conteúdo? Mais como esse você encontra nas matérias do E-Diário! Acompanhe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais