3 Motivos Para Ser Um Advogado Correspondente

Conheça três motivos para investir na carreira de advogado correspondente
14/08/2017

Ser um advogado correspondente é prestar serviços para escritórios de advocacias ou empresas, ter a possibilidade de trabalhar com diversos procedimentos jurídicos, tais como: audiências, julgamentos, distribuição de ações, ou simplesmente com cópias de processos, e não ter que lidar diretamente com o cliente.

Diante disso, na competitiva área do direito, ser um advogado correspondente é uma grande possibilidade a ser considerada, já que tem vantagens que outros cargos e áreas não possuem. Conheça, a seguir, algumas delas.

1. Atuar como advogado correspondente é ter renda extra

Atuar como advogado correspondente é uma excelente alternativa para adquirir renda e isso acontece, basicamente, por dois motivos.

Um deles, é que esse tipo de serviço pode ser prestado apenas no tempo livre de quem já trabalha, a fim de obter uma renda extra, mas também como a única profissão daqueles que estão desempregados, o que pode resultar em uma remuneração média.

Já o outro motivo, diz respeito ao recebimento dos honorários. Ao passo que a maioria dos advogados só recebem quando os processos são encerrados, os correspondentes contam com a vantagem de receberem pelos seus trabalhos logo após a diligência.

2. Possibilidade de ampliar o networking e a experiência

Geralmente um advogado correspondente é contratado por empresas ou escritórios que estão em cidades ou estados diferentes do seu. Logo, o seu ciclo de relacionamento profissional pode se tornar muito mais amplo.

Para quem está começando a carreira, em paralelo à oportunidade de prestar diversos tipos de serviços, há também a possibilidade de ganhar experiência e obter contatos que são importantes para quem deseja entrar no mercado.

Já para quem tem experiência na área, a atuação como advogado correspondente é uma oportunidade de ampliar a rede de contatos, de aumentar a experiência conforme o campo de atuação e de colocar seus conhecimentos em prática.

3. É possível flexibilizar os horários de trabalho

Por fim, cabe mencionar que o profissional de direito que decidir trabalhar como correspondente também terá uma flexibilidade de horários muito maior, já que pode criar sua própria rotina sem precisar cumprir horas fixas, comuns em escritórios de advocacia.

Isso é importante para quem busca uma rotina de trabalho mais tranquila, deseja ter tempo para estudar e se especializar em alguma área do direito ou deseja, simplesmente, ter mais qualidade de vida, já que a rotina de um advogado pode ser estressante.

Com todas essas vantagens, vale considerar a profissão de advogado correspondente. Se deseja ter mais facilidades no seu dia a dia, continue navegando no E-Diário e encontre matérias relacionadas à legislação, além de dicas para agilizar sua rotina jurídica.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais