IFRS – Conheça as Normas Internacionais de Relatório Financeiro

IFRS - Conheça as Normas Internacionais de Relatório Financeiro
04/12/2020

Você já ouviu falar de IFRS? A sigla significa International Financial Reporting Standards, na tradução para o português, Normas Internacionais de Relatórios Financeiros. Elas servem para padronizar as demonstrações e os resultados contábeis. Quer compreender mais sobre o assunto? Acompanhe o artigo!

Para que serve a IFRS?

As IFRS estão previstas na Lei 11.638 de 28 de dezembro de 2007 e tem propósito de minimizar o uso de diferentes critérios e práticas para mensurar cada transação de contabilidade. Assim, as demonstrações e relatórios contábeis serão fáceis de entender, mesmo quando enviados para funcionários de filiais de uma empresa em outros países. Também facilita às negociações de valores em bolsas internacionais.

Agora, imagine se cada empresa seguisse as normas específicas de seu país. Não existiria um padrão e, consequentemente, as informações contábeis não seriam comparáveis. Por outro lado, com normas internacionais, as informações fluente de maneira mais natural.

Atualmente, esse padrão é válido em mais de 120 países! 

Qual a importância das normas internacionais para as empresas?

As IFRS impactam os demonstrativos e análises contábeis de todas as empresas. Mas, por que será que o cumprimento dessas determinações são importantes? Quais as vantagens que essas normas proporcionam para o mercado contábil?

Primeiro, é importante destacar que o Brasil atrai muitos investidores estrangeiros. Mas, antes de decidirem aplicar seu dinheiro no país, eles precisam analisar a situação financeira da empresa por meio de relatórios contábeis. Logo, é justamente para que essas informações sejam facilmente compreendidas que existem os padrões internacionais.

Além de facilitar nesse processo mencionado, seguir as IFRS traz diversas vantagens para as empresas, como:

  • estabelecimento de uma vantagem competitiva diante dos concorrentes;
  • maior facilidade em alcançar o sucesso empresarial por meio de negociações internacionais;
  • possibilidade de realizar comparações de desempenho empresarial a nível global (tanto para você compreender como sua empresa está se saindo diante das demais, como também para que outras empresas analisem o desempenho da sua companhia);
  • maior transparência corporativa;
  • atende às exigências dos investidores estrangeiros;
  • viabiliza empréstimos, inclusive internacionais.

Gostou de conhecer as Normas Internacionais de Relatórios Financeiros, conhecida como IFRS? Agora, você está mais preparado para alinhar as demonstrações contábeis da sua empresa com os padrões internacionais!

Acesse as matérias do E-Diário Oficial para conferir outros artigos sobre leis, contabilidade, tributações, empregos e muito mais!

Por: Leonardo Silva

Nem tudo pode ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) e do Estado (DOE) e o Leonardo entende bem disso. Com todo o seu conhecimento na área jurídica, ele sabe exatamente que tipo de conteúdo será aceito ou não na etapa de aprovação da matéria pela a Imprensa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais