Saiba Quais São os Crimes Virtuais Mais Comuns

Saiba Quais São os Crimes Virtuais Mais Comuns
30/11/2018

Com o avanço da era digital, o número de pessoas conectadas é cada vez maior. Enquanto algumas acessam apenas para socializar, outras utilizam os serviços da internet para fazer compras, pagar contas entre outras opções. Com isso, muitos tiram proveito da situação e cometem graves crimes com os dados de muitos usuários. Saiba quais são os crimes virtuais mais comuns.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja neste artigo!

Roubo de Identidade

Criar uma identidade falsa na internet é muito mais simples do que parece, principalmente com as redes sociais, onde a foto de muitas pessoas tem visibilidade pública. Um dos crimes virtuais mais comuns é roubo de identidade. Os criminosos de apoderam das informações de outras pessoas e fazem compras on-line e/ou transferências financeiras indevidas.

Pedofilia

A troca de fotos e informações de crianças e adolescentes relacionadas ao abuso sexual também é um crime que incita a pedofilia.

Calúnia e difamação

Na internet, todos estão suscetíveis a esse crime. Com os perfis falsos, muitos são vítimas de calúnia e difamação. Muitas vezes, a informação chega a um número grande de usuários e a proporção é quase irreversível e prejudicam a reputação da vítima.

Discriminação e Preconceito

Um dos crimes virtuais mais graves (e comuns) são aqueles que incitam o preconceito e discriminação. Seja em fóruns, redes sociais, chats e outros, de forma negativa sobre religião, etnias, raça, etc.

Ameaça

Fazer ameaças a uma pessoa via e-mail ou posts, por exemplo, alegando que ela será vítima de algum mal também é um crime virtual bastante recorrente.

Divulgação de Material Confidencial

Revelar fotos, segredos ou quaisquer materiais confidencial também é um crime virtual. Muitas celebridades, inclusive, sofreram com esse ato e tiveram fotos e informações  íntimas expostas na rede.

Espionagem Industrial

Apesar dos avanços tecnológicos, as transferências de informações sigilosas de uma empresa para a concorrente ainda é bastante comum. O que acontece, na maioria das vezes, é as informações serem vazadas de um funcionário interno, já que com um simples memory card, por exemplo, milhares de informações podem ser transferidas.

Saiba o que fazer para se proteger dos crimes virtuais

Todo e qualquer crime virtual possui leis que os representam. Por isso, em casos de vítimas destes crimes, o ideal é procurar por uma delegacia especializada em Crimes Eletrônicos. Se essa modalidade não existe em sua região, a denúncia também pode ser feita em qualquer outra Delegacia.

Para se proteger, utilize sempre senhas seguras, restrinja o compartilhamento de fotos e dados sigilosos, em casos de compras on-line, prefira os sites mais confiáveis que possuam sigilo das informações. Além disso, não clique em e-mails de remetentes desconhecidos. Muitas vezes, basta um clique para que o criminosos acesse todas as suas informações pessoais.

Essas informações foram úteis para você? Utilize os serviços do e-Diário para fazer publicações de artigos no Dou Diário Oficial da União e no Doe – Diário Oficial do Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais