Conheça o Piso Salarial Das Principais Profissões No Brasil

Conheça o Piso Salarial Das Principais Profissões No Brasil
22/03/2019

Você sabe qual é o piso salarial das principais profissões do Brasil? Há diferenciações em cada uma delas e vamos elencar algumas para que você tenha esse conhecimento! Confira a seguir e veja se o seu salário atual está de acordo com o piso de sua categoria. 

O que é piso salarial de uma categoria?

O piso salarial é definido por meio de uma categoria, indústria, região ou até mesmo empresa. 

Ele é o menor valor que os profissões daquela categoria pode receber. Porém, nem todas as profissões tem esse piso estipulado. 

Ele é determinado por meio de um acordo coletivo ou convenção e fixado em uma data-base. 

Piso salarial das principais profissões

Com relação ao piso salarial das principais profissões, os valores atualizados referentes a este ano de 2019 são:

  • Enfermeiro auxiliar — R$ 1.000,00;
  • Enfermeiro técnico — R$ 1.177,00;
  • Advogado — R$ 2.600,00;
  • Arquiteto — R$ 4.728,00 (para trabalhadores com seis horas diárias);
  • Contador — R$ 2.432,00;
  • Administrador de empresas — R$ 2.432,00;
  • Eletricista — R$ 1.481,00;
  • Fonoaudiólogo — R$ 2.231,00;
  • Agrônomo — R$ 4.728,00 (para trabalhadores com seis horas diárias);
  • Engenheiro — R$ 4.728,00 (para trabalhadores com seis horas diárias);
  • Farmacêutico — R$ 3.711,00;
  • Aeromoça e Comissário de Bordo — R$ 1.742,00;
  • Biomédico — R$  1.862,18;
  • Bombeiro socorrista — R$ 1.024,30;
  • Jornalista — 2.390,25;
  • Jurista — 1.693,90;
  • Psiquiatra — R$  4.923,65;
  • Psicoterapeuta — 4.923,65.

Piso salarial deve ser seguido obrigatoriamente?

Se você se pergunta se o piso salarial das profissões precisam ser seguidos obrigatoriamente pelas empresas contratantes, sabia que existe uma norma para isso. 

Ele está inserido no no artigo 7º, inciso V da Constituição Federal e na Lei Complementar 103/2000. Porém, nem todas as empresas arcam com o piso salarial corretamente e acabam oferecendo salários menores do que o previsto. 

Fique atento ao piso salarial de sua categoria. Isso também ajuda na hora de ser um profissional freelancer, em que precisa precificar o seu trabalho realizado. 

O piso ajuda a dar uma noção maior e tirar como base o que você pode cobrar pelos serviços prestados. 

Verifique também se não há mudanças de piso em sua região. Por vezes, o piso salarial oferecido em São Paulo, por exemplo, é diferente do oferecido no Rio de Janeiro. 

Gostou de saber mais sobre o piso salarial das principais profissões do Brasil? Seu salário atual está dentro do piso? 

Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando a área de notícias do E-Diário Oficial para ficar sempre por dentro dos mais variados assuntos. 

Aproveite e veja: 

Salário Mínimo — Fique por Dentro da Nova Tabela de Valores

Comentários:

  1. WILSON VIDOTTO MANZON disse:

    exelente material para conhecimento dos que trabalham nestas areas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais