Como Fazer uma Análise de Balanço Patrimonial

Como Fazer uma Análise de Balanço Patrimonial

Desenvolver um relatório contábil com o registro de todas as movimentações financeiras de uma empresa, é essencial para conseguir definir a situação dos recursos da instituição, além de auxiliar na tomada de decisões que envolve o desenvolvimento de ações e investimentos. Ou seja, realizar a análise de balanço patrimonial é de suma importância para tornar clara a realidade financeira de uma empresa. 

 

Quer saber mais sobre o assunto e entender como realizar o balanço patrimonial? Então confira este artigo na íntegra!

 

Entenda o que é Balanço Patrimonial

Resumidamente, o balanço patrimonial pode ser definido como uma excelente ferramente para basear todo o planejamento de uma empresa, principalmente quando tratamos do setor financeiro.  Dessa maneira, é possível enxergar mais facilmente todos os registros contábeis e utilizar os números para desenvolver ações. Pois, por meio de uma análise de balanço patrimonial, é registrado tudo que é de posse da empresa, inclusive as dívidas. 

Além de ser uma forma de enxergar a situação da instituição, é um procedimento observar os registros do balanço patrimonial para a concessão de crédito e possíveis financiamentos.

 

Saiba como é feita a análise de balanço patrimonial

Antes de iniciar o desenvolvimento do relatório do balanço patrimonial, é interessante entender a estrutura do documento. Ele é composto por duas parte, o levantamento de aspectos ativos e passivos da empresa. Resumidamente, os ativos representam tudo o que é de posse da instituição. Os bens podem ser subdivididos entre ativos circulantes e ativos não circulantes. O primeiro deles é relacionado às contas que os clientes têm a receber e despesas em exercício. Já o segundo, diz respeito ao crédito existente junto aos associados da empresa, investimentos e outros bens.

Por meio desse estudo, o balanço patrimonial vai representar o patrimônio líquido da empresa. Essa informação pode ser encontrada ao realizarmos a diferença entre os valores ativos e os passivos. O último aspecto representa as obrigações e todas as dívidas da instituição. Ou seja, para estruturar a situação financeira e compreender a saúde empresarial, basta basicamente criar um lista elencando todos os bens, dívidas e investimentos.

 

 

Dicas para estruturar a análise de balanço patrimonial de sua empresa

Alinhar todos os valores positivos e negativos de uma empresa, pode parecer uma tarefa difícil, porém, algumas dicas podem auxiliar na melhor realização do processo. Veja:

  • a melhor forma de organizar o processo é realizar uma verificação de valores mês a mês, ou seja, é essencial não deixar acumular o ano todo, pois a chance de ocorrerem erros é muito maior;
  • outra dica importante é manter o fluxo de caixa sempre atualizado, assim, será mais simples calcular os valores referentes aos dados ativos e passivos de sua empresa;

Ou seja, é visível que para conseguir calcular e alcançar resultados precisos em sua análise de balanço patrimonial é importante a organização com os dados financeiros da empresa. Quanto melhor for a dinâmica diária do fluxo das contas, mais simples será fazer o estudo financeiro. 

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe! Aproveite e confira mais conteúdos no E-diário Oficial!  

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais