CNAE — Entenda Como Funciona a Classificação de Empresas

CNAE — Entenda Como Funciona a Classificação de Empresas
19/10/2020

Se você é um empreendedor e tem um Simples Nacional, certamente já sabe o que significa a CNAE e qual a sua função. Porém, o termo não é muito conhecido no mercado e pode parecer bem complexo para quem deseja abrir uma empresa. Confira no artigo o que é e como ela pode te ajudar! 

Afinal, o que é CNAE?

Basicamente, a CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), como o próprio nome já diz, tem como principal objetivo padronizar as empresas brasileiras por meio de cadastros e registros federais, estaduais e municipais. 

As instituições públicas, organizações sem fins lucrativos e profissionais autônimos também são classificados no CNAE. A iniciativa surgiu com a ideia de oferecer melhorias na gestão tributária e, também, controlar ações fraudulentas.

Além disso, serve para delimitar quais operações uma determinada empresa pode realizar e de qual segmento ela faz parte. É importante saber que um negócio pode se encaixar em mais de uma classificação.

Por exemplo, imagine que você presta um serviço, mas também vende uma determinada mercadoria. Dessa forma, você é identificado de duas maneiras. 

Como escolher a CNAE para minha empresa?

Para encontrar a CNAE ideal para a sua empresa, o mais indicado é conversar com um contador de sua confiança. Isso porque ele te dará todo o auxílio necessário para que você não cometa erros na hora da padronização. Mas se quiser seguir sozinho, veja o passo a passo que deve ser feito:

  1. descubra seu código de atividade: afinal, em que a sua empresa se enquadra? Será fundamental entender entender que tipo de operações você vai realizar, quais serviços irá prestar, industrializar, entre outros;
  2. entenda a sua atividade principal: analise se sua empresa contribuirá para a prestação de um serviço, atividade, processo ou fabricação;

  3. confira a tabela classificatória:  acesse-a pelo site oficial do CNAE. 

Ao acessar o site da CNAE, você vai clicar em “pesquisar” para descobrir a estrutura da sua empresa. As opções que irão aparecer na tela serão bem específicas e seguem a ordem de: seção, divisão, grupo e classe de atividade. Por fim, a CNAE-Fiscal é composta por sete números.

Veja um exemplo abaixo:

  • Seção G: Comércio de reparação de peças de informática;
  • Divisão 47: Comércio varejista;
  • Grupo 475: Comércio varejista de equipamentos de informática e comunicação; 
  • Classe 4753-9: Comércio varejista especializado em equipamentos de áudio e vídeo.

Ficou mais fácil compreender a classificação CNAE? Para mais dúvidas como essa, o portal do e-Diário Oficial está sempre disponível em respondê-las. Confira mais matérias! 

Por: Leonardo Silva

Nem tudo pode ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) e do Estado (DOE) e o Leonardo entende bem disso. Com todo o seu conhecimento na área jurídica, ele sabe exatamente que tipo de conteúdo será aceito ou não na etapa de aprovação da matéria pela a Imprensa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais