Balanços Patrimoniais e DRE de Empresas— 6 Dicas

Balanços Patrimoniais e DRE de Empresas— 6 Dicas
03/05/2021

Se você pensa que balanços patrimoniais e DRE de empresas são assuntos e responsabilidades exclusivas de escritórios de contabilidade, está enganado. Neste artigo, você vai entender melhor a função desses relatórios e ainda receber dicas para a elaboração deles pelos tópicos:

  • a importância dos balanços patrimoniais e DRE de empresas;
  • 3 dicas para fazer o balanço patrimonial;
  • 3 dicas para fazer a análise de DRE.

A importância dos balanços patrimoniais e DRE de empresas

Como explicamos no artigo As diferenças entre balanço patrimonial e DRE, a Demonstração do Resultado do Exercício é uma tabela onde os resultados obtidos pela empresa são dispostos. Já o balanço patrimonial demonstra a situação econômica da instituição, contando com outros aspectos.

Ambos servem para controlar o patrimônio de uma empresa. Veja como tornar a elaboração desses relatórios mais eficaz.

3 dicas para fazer o balanço patrimonial

 

Aqui no e-Diário já falamos sobre a importância do balanço patrimonial. De forma geral, se trata de uma tabela que divide itens ativos (contas que representam o valor dos bens e direitos da empresa) e passivos de uma empresa, os separando em duas colunas. As principais orientações para elaborar o balanço patrimonial são:

 

  1. determinar um período para inclusão de dados. De forma geral, o balanço patrimonial é feito anualmente, mas isso não é uma regra. Seja qual for sua escolha, é preciso estipular esse espaço de tempo e só contar com informações referentes a ele;
  2. pontuar os ativos: divida os ativos individualmente e também total, assim os itens ficam muito mais fáceis de entender. Além disso, é indicado apontar as obrigações da empresa com outras instituições;
  3. calcular o patrimônio líquido: após listar as contas que resultam no valor total contábil da sua empresa, chega a hora do cálculo. Nessa etapa é preciso considerar lucros, fluxo de caixa e capital social;



<h2>3 dicas para fazer a análise de DRE</h2>

 

Os balanços patrimoniais e DRE de empresas são processos importantes para comprovar, de diferentes formas, a saúde financeira de uma instituição. No caso da  Demonstração do Resultado do Exercício, é preciso compilar em um documento as movimentações financeiras da empresa as separando por categorias.

 

Veja as dicas a seguir para tornar esse processo mais otimizado:

 

  1. verifique bem todas as informações: isso evita erros na hora de registrar lançamentos, o que leva a uma análise mais precisa;
  2. use um sistema de qualidade: para quem deseja ter mais segurança e evitar erros manuais no processo, é indicado utilizar um software de gestão. Assim, tanto a análise de DRE quanto de balanço patrimonial ficarão mais fáceis pelo fato de você ter maior controle sobre todas as áreas.
  3. Por fim, é o momento de unir a DRE e o balanço patrimonial. Após finalizar a análise da DRE, é importante saber o resultado de um determinado período em conjunto com o balanço patrimonial. Assim, poderá visualizar de ângulos diferentes o desempenho financeiro do seu negócio. 

 Agora que você já recebeu dicas para fazer balanços patrimoniais e DRE de empresas, saiba mais sobre o assunto no artigo do e-Diário DRE na contabilidade: o que é e como fazer!

 

Por: Leonardo Silva

Nem tudo pode ser publicado no Diário Oficial da União (DOU) e do Estado (DOE) e o Leonardo entende bem disso. Com todo o seu conhecimento na área jurídica, ele sabe exatamente que tipo de conteúdo será aceito ou não na etapa de aprovação da matéria pela a Imprensa.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais