Advocacia empresarial: 3 Indicadores de Performance para Analisar

Advocacia empresarial: 3 Indicadores de Performance para Analisar
22/08/2018

Utilizar indicadores de performance para avaliar resultados e ações de uma empresa é essencial para detectar falhas, proporcionar melhorias e acompanhar o desempenho das atividades. Em qualquer segmento, fazer uma análise e definir critérios para crescimento, é uma ótima maneira de alcançar objetivos mais assertivos. Na advocacia empresarial, não seria diferente, afinal, ao realizar alguma mudanças na metodologia do seu escritório, auxiliar na busca por soluções mais assertivas.

Quer saber mais sobre o tema e acompanhar o desenvolvimento de sua empresa? Acompanhe o conteúdo deste artigo!

 

Saiba como analisar o desempenho do seu escritório de Advocacia empresarial

Resumidamente, indicadores de desempenho são formas de avaliar e analisar elementos quantitativos e qualitativos em relação às atividades realizadas por uma empresa. Como foi dito, independentemente da área de atuação de uma empresa, é importante compreender os fatores que estão intimamente associados aos resultados da empresa. Ou seja, achar que a análise quantitativa e qualitativa não se aplica ao seu escritório de advocacia empresarial, pode comprometer a eficiência produtiva, pois deficiência podem não ser identificadas pela gestão empresarial.

Portanto, para auxiliar na tarefa, separamos alguns indicadores que devem ser usados como ferramentas para medir resultados e proporcionar aprimoramento empresarial:

 

1.Satisfação de clientes

 

Sem dúvidas, uma das melhores formas de analisar a qualidade dos serviços prestados pelo seu escritório de advocacia empresarial é buscando pelo feedback dos clientes. Afinal, por meio do retorno de quem foi atendido, fica mais fácil entender quais pontos positivos do atendimento e quais precisam passar por aprimoramento. No caso dos escritórios, muitos clientes acabam conhecendo devido a indicação de outras pessoas. Ou seja, focar na qualidade dos serviços é essencial.

Portanto, após o atendimento, solicite um feedback e utilize as informações para aprimorar o seu trabalho.

 

2.Horas trabalhadas

Outro ótimo indicador de performance é a análise das horas trabalhadas. Uma ótima relação a ser feita é entre as horas que são trabalhadas e a quantidade de faturamento. É importante observar o quanto é custosa uma atividade e quanto de retorno que é gerado para empresa. Realizar o cálculo é simples, basta dividir o valor pago por determinado serviço contratado pela quantidade de horas gastas para realizá-lo.

 

O resultado encontrado é referente quanto valeu cada hora trabalhada. A partir de então é possível fazer a análise: o valor cobrado cobre as despesas e é compatível pelo tempo e dificuldade das atividades?

 

Quando o valor das horas trabalhadas é muito baixo e o serviço é custoso, é visível que a rentabilidade da atividade não é rentável.

 

3.Produtividade

Aliada a quantidade de horas trabalhadas e rentabilidade de uma serviço prestado, é importante considerar o aproveitamento das horas de trabalho. É importante pensar na capacidade produtiva dos seus colaboradores e como estão sendo divididas as tarefas ao decorrer do tempo.

 

É importante lembrar que a precificação dos serviços estão relacionados ao esforço para realizá-los. Portanto, é importante utilizar ferramentas que guiem e auxiliar na otimização das atividades do colaboradores.

 

Agora que você já conhece alguns indicadores de performance para aplicar em seu escritório de advocacia empresaria, aproveite para continuar acompanhando outros conteúdos no E-diário oficial!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar por

Veja mais