Matérias

Contas Patrimoniais: O Que São E Porque São Importantes

As contas patrimoniais são essenciais para a contabilidade de qualquer entidade, seja ela uma empresa ou uma organização sem fins lucrativos. Afinal, elas são responsáveis por registrar bens, direitos, obrigações e o patrimônio líquido de uma entidade em um determinado período.

Sendo assim, elas  mostram a situação financeira da empresa em um determinado momento e são fundamentais para a elaboração do Balanço Patrimonial, um relatório contábil que tem como objetivo avaliar as condições com relação ao patrimônio e o financeiro da empresa.

Continue a leitura desse texto para saber:

  • o que são contas patrimoniais;
  • quais são suas principais categorias;
  • qual é sua relação com o balanço patrimonial;
  • qual é a diferença entre as contas patrimoniais e as contas de resultado;
  • por que as contas patrimoniais são tão importantes para a gestão financeira de uma empresa.

O que são contas patrimoniais? 

Chamamos de contas patrimoniais aquelas que registram os ativos, os passivos e o patrimônio líquido de uma entidade. Essas são as principais categorias, que são também conhecidas como as três contas patrimoniais. Confira mais informações sobre cada uma delas:

Ativos 

O termo “ativos” se refere aos itens de posse que geram custo e contas a pagar em geral, incluindo bens, direitos e valores a receber, que podem ser classificados como circulantes ou não circulantes.

Os ativos circulantes podem ser convertidos em dinheiro em curto prazo, enquanto os ativos não circulantes não podem sofrer esse tipo de operação.

Passivos

Os passivos, por outro lado, indicam a existência de obrigações da instituição, incluindo dívidas, contas a pagar e outras situações. Eles também podem ser passivos circulantes, que devem ser pagos em curto prazo, e passivos não circulantes, não precisam.

Patrimônio líquido

Já o patrimônio líquido é formado pelo capital social, por reservas de lucro e por prejuízos acumulados, consistindo na diferença entre os passivos e os ativos. Ele representa o valor líquido da empresa, que pertence aos proprietários e acionistas da empresa.

 

 

 Qual é a relação entre as contas patrimoniais e o balanço patrimonial? 

O Balanço Patrimonial é um relatório contábil que avalia a condição patrimonial e financeira da empresa ao final de um período. Para calculá-lo da maneira certa, é preciso considerar as contas patrimoniais, que são classificadas de acordo com sua natureza dentro de cada categoria do relatório.

Por permitirem uma análise completa, de forma clara e organizada, da situação financeira de uma empresa, elas se tornam relevantes para a avaliação do desempenho da entidade em questão.

 

 

Qual é a diferença entre as contas patrimoniais e as contas de resultado? 

As contas patrimoniais e contas de resultado são dois tipos de contas utilizados na contabilidade para representar diferentes aspectos do patrimônio de uma entidade. As primeiras estão relacionadas aos elementos patrimoniais da empresa, enquanto as outras estão relacionadas aos elementos de desempenho financeiro, como receitas e despesas.

Como vimos até aqui, as contas patrimoniais são utilizadas para calcular o valor patrimonial líquido da empresa e, portanto, são importantes para avaliar sua solvência. Por outro lado, as contas de resultado são usadas para calcular o lucro ou o prejuízo líquido da organização em um determinado período, e, portanto, são importantes para avaliar o desempenho financeiro da empresa.

É importante distinguir entre esses dois tipos de contas, pois cada um tem seu próprio papel na avaliação da situação financeira da empresa.

 

 

Por que as contas patrimoniais são importantes? 

Elas são importantes porque trazem informações fundamentais para a avaliação financeira de uma empresa. Como dito anteriormente, elas registram todos os ativos, os passivos e o patrimônio líquido de uma instituição, fornecendo uma “fotografia” da situação e do tamanho da organização, ajudando a avaliar elementos como:

  • solvência;
  • liquidez;
  • rentabilidade da empresa.

Isso é possível porque as contas patrimoniais permitem verificar se uma empresa está crescendo e se valorizando, o que pode ajudar a reduzir os riscos do investimento que está sendo feito ou sobre o qual há interesse de mercado.

Em um exemplo prático: caso a organização possua muitas dívidas e poucos ativos, pode estar em risco de falência. Por outro lado, se ela possui muitos ativos e poucas dívidas, pode ser considerada uma empresa saudável financeiramente.

Sendo assim, as contas patrimoniais são importantes porque oferecem uma visão geral da situação financeira de uma empresa, permitindo que os investidores, analistas e gestores possam tomar decisões informadas e eficazes.

Quer entender melhor a situação financeira da sua empresa? Então, confira o que é o demonstrativo financeiro de uma empresa e saiba como fazê-lo de maneira eficiente. Não perca a oportunidade de otimizar seus resultados!

Conteúdo AG Mestre

Recent Posts

O que é aviso de licitação e qual seu objetivo?

As licitações são um processo obrigatório para a condução de diversas atividades legais e governamentais,…

2 dias ago

Entenda a diferença entre inadimplência fiscal e sonegação de imposto

Você sabe qual é a diferença entre inadimplência fiscal e sonegação de imposto? Explore o…

1 mês ago

ESG na contabilidade: qual o impacto na prática profissional e nos processos das empresas

Explore o impacto do ESG na contabilidade empresarial, destacando benefícios como transparência, redução de riscos…

1 mês ago

Reforma tributária: o que muda para as empresas?

Saiba como a reforma tributária afetará sua empresa, com novos impostos e simplificação do sistema.…

1 mês ago

Como preparar documentos legais para publicação no DOU?

Este artigo fornece um guia completo sobre como preparar documentos legais para publicação no Diário…

1 mês ago

Como criar um sindicato: passo a passo

Quer saber como criar um sindicato? Leia nosso guia completo com o passo a passo,…

1 mês ago