Categories: Matérias

Como Funciona a Estrutura de Um Balanço Patrimonial?

O balanço patrimonial é um documento que garante transparência com relação às atividades realizadas dentro de uma empresa, além de servir como comparação com relação aos resultados e gastos de outros meses e anos. Seu objetivo é entender como está a atual situação da instituição. Hoje, você vai conferir mais informações sobre a estrutura do balanço patrimonial e saberá como ela funciona. Veja neste artigo!

Como montar a estrutura do balanço patrimonial?

Para elaborar o documento, é necessário entender como funciona a estrutura do balanço patrimonial. Ela deve conter alguns dados importantes relacionados à empresa. 

Ao começar a pensar em como fazer este documento, é preciso, primeiramente, realizar o levantamento do balancete de verificação. Assim, será possível saber sobre os saldos das contas utilizadas pela companhia, sejam elas patrimoniais ou de resultado, englobando os débitos e os créditos. Esse levantamento é realizado ao término do exercício. Lembre-se de avaliar também as variações patrimoniais, assim como as receitas e despesas.

Feito isso, será necessário conciliar esses resultados, ou seja, comparar o saldo com informações da parte externa à área de contabilidade da empresa. Isso ajudará a chegar em um resultado mais próximo do real e a saber se contas não foram omitidas. Nesse momento, o uso de livros fiscais, extratos bancários, posições de financiamos, carteiras de cobranças e folhas de pagamento podem ser averiguadas. 

Sendo assim, para elaborar a estrutura do balanço patrimonial, será necessário obter dados como:

  • nome da empresa junto do cadastro nacional de pessoa jurídica (CNPJ);
  • número de identificação do registro de empresas (Nire);
  • a demonstração de resultado do exercício, da origem e da aplicação;
  • a demonstração das mutações do patrimônio líquido;
  • as notas explicativas;
  • os ativos, em que todos os bens e direitos da empresa são registrados, como itens de estoque, matéria prima, investimentos, etc;
  • os passivos, sendo as obrigações e dívidas da instituição perante terceiros, como fornecedores, prestadores de serviços, colaboradores e órgãos do setor público;
  • o líquido, em que é concentrado todo o valor líquido da companhia, levando em conta a diferença entre os valores de ativos e passivos, já contando com o lucro, prejuízo e a injeção de capital.

É indicado que o balanço seja realizado (e atualizado), de preferência, uma vez por mês. 

Gostou de saber mais sobre o balanço patrimonial?

Aproveite para conferir o porquê você deve publicar o documento e saiba como fazer a análise de um balanço patrimonial. 

Continue acompanhando o E-Diário para mais informações como esta!

Conteúdo AG Mestre

Recent Posts

  • Matérias

Código de Ética OAB — O Que É Ético na Advocacia?

Saiba mais sobre o Código de Ética OAB, um instrumento para instruir os advogados a como conduzir a profissão com…

1 dia ago
  • Matérias

Prisão Temporária — Saiba O Que É e Para Quem Se Aplica

O Decreto-Lei Penal Brasileiro (n° 2.848/40), considera seis tipos de prisão: preventiva, em flagrante, temporária, para execução de pena, preventiva para…

2 dias ago
  • Matérias

Saiba Como Redigir e Finalizar Um Livro Ata

Em diversas ocasiões existe a necessidade de redigir um livro ata. O documento é uma forma de registrar  tudo o…

2 dias ago
  • Matérias

Conheça os Modelos de CNPJ Para Sua Empresa

Está pensando em abrir uma empresa? Conheça os principais modelos de CNPJ e quais os tipos de negócio que se…

5 dias ago
  • Matérias

Edital de Concursos — Veja Como Buscar por um Concurso

Quer encontrar um edital de concursos e não sabe como? Veja só as informações que precisa saber para entrar na…

1 semana ago
  • Perguntas Frequentes

Entenda as Diferenças entre Divórcio, Separação e Desquite

Para os profissionais de Direito, o conceito está bem claro. Mas muitas pessoas não sabem as diferenças entre divórcio, separação…

1 semana ago