Categories: Matérias

O Que Todo Contador Deve Considerar no Cálculo de Férias

Fazer o cálculo de férias requer atenção aos detalhes e aos números que devem ser considerados, uma vez que mudam a depender do período trabalhado e da alíquota de descontos. Continue a leitura e saiba mais!

O que deve ser considerado no cálculo de férias?

Todos os trabalhadores têm direito a 30 dias corridos de férias após 12 meses de trabalho na empresa, mas é necessário ter certos cuidados com o cálculo de férias a depender das circunstâncias.

Aqui, apresentamos cinco aspectos comuns que devem ser levados em consideração por todos os contadores. Confira:

1. O período de trabalho para determinar o tipo de pagamento

Existem duas possibilidades para o cálculo de férias e elas dependem de quanto tempo o funcionário está na empresa, por isso é importante se atentar ao período de trabalho. Confira:

  1. para funcionários que estão há mais de 12 meses, é pago o valor integral mais ⅓ desse mesmo valor;
  2. para aqueles que estão trabalhando há menos tempo, deve-se realizar o pagamento proporcional.

2. O período de gozo de férias

O período de gozo de férias sem prejuízo na remuneração é calculado a partir do número de faltas do colaborador nos últimos 12 meses trabalhados. Isso é apresentado da seguinte maneira:

  • 30 dias corridos de férias para 5 faltas ou menos;
  • 24 dias corridos para 6 a 11 faltas;
  • 18 dias corridos para 15 a 23 faltas;
  • 12 dias corridos para 24 a 32 faltas.

3. Descontos do INSS e do Imposto de Renda sobre as férias

O cálculo de férias deve levar em conta a incidência do INSS e do IR.

Os pagamentos para a contribuição previdenciária seguem as alíquotas de incidência:

  • de 8% até R$ 1.751,81;
  • de 9% para R$ 1.751,82 até R$ 2.919,72;
  • de 11% para R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45.

As alíquotas do IR também são aplicáveis, com isenção apenas para pagamentos mensais de até R$ 1.903,98:

  • de 7,5% para R$ 1.903,98 a R$ 2.826,65;
  • de 15% para R$ 2.826,65 a R$ 3.751,06;
  • de 22,5% para R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68;
  • de 27,5% acima de R$ 4.664,68.

4. Divisão das férias

A nova Lei Trabalhista permite que os funcionários negociem com o empregador a divisão do período de férias em até três vezes no ano, sendo que um dos períodos deve ser de 15 dias e os demais de, no mínimo, 5 dias cada.

5. Férias proporcionais

As férias proporcionais são oferecidas para colaboradores que estão há menos de 12 meses na empresa ou cuja rescisão de contrato de trabalho seja sem justa causa.

Esse cálculo corresponde ao salário mensal dividido por doze e multiplicado pela quantidade de meses trabalhados. A esse valor, deve ser acrescido mais ⅓ do resultado final.

Nota-se que há muitos detalhes para o cálculo final de férias. Dessa forma, é preciso conhecer as normas que envolvem os regimes de trabalho muito bem. Por isso, entenda mais sobre legislação trabalhista e previdenciária e não cometa erros!

Leonardo Lopes

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Fusce ut arcu et quam euismod maximus in pulvinar tortor. Sed velit velit, iaculis vel feugiat id, blandit interdum mi. Sed viverra nulla nisi, at tincidunt quam iaculis ut. Nam aliquam vitae augue id rhoncus. Pellentesque bibendum non purus eu vehicula. Praesent efficitur, libero et vestibulum vestibulum, neque sapien porttitor dui, eu eleifend purus urna at odio. Proin sed ante eget ante accumsan pulvinar ut et elit.

Recent Posts

Como Tornar a Reunião de Conselho Mais Produtiva

Chega daquela sensação de “reunião que poderia ter sido um e-mail”. Confira dicas de como…

10 horas ago

Fique por Dentro do Calendário de Publicação de Atos Oficiais no Diário Oficial

O Diário Oficial reúne informações de interesse comunitário seja no nível municipal, estadual ou federal.…

3 dias ago

Veja 3 Passos de Como Pesquisar no Diário Oficial da União

Não quer perder tempo na hora de encontrar informações oficiais? Saiba como pesquisar no Diário…

4 dias ago

Demonstrativo Financeiro da Empresa: O Que É e Como Fazer

Saiba o que não deve faltar em um documento de demonstrativo financeiro e como criá-lo.

1 semana ago

Conheça as Principais Diferenças Entre a Legislação Trabalhista e Previdenciária

A legislação trabalhista e previdenciária são dois aspectos importantes para os trabalhadores brasileiros. Entenda!

2 semanas ago

Encerramento de Atividades — Saiba como Publicar no Diário Oficial sem Burocracia!

Realizar a publicação sobre o encerramento de atividades de uma empresa no Diário Oficial da…

2 semanas ago