Categories: Matérias

Governança Corporativa — Descubra O Que É e Seus Benefícios

A governança corporativa é parte fundamental dentro de uma empresa. Esse sistema atua em cima do relacionamento entre todas as partes envolvidas em um negócio, desde sócios até o próprio mercado. 

Ela é essencial para o desenvolvimento das organizações, atuando com base em um conjunto de processos, políticas, leis e regulamentos que promovem a transparência do negócio. 

Saiba mais sobre o assunto neste artigo e veja também a importância da governança corporativa em tempos de crise!

O que é a governança corporativa? 

De modo geral, esse é o nome dado para as regras e condutas estabelecidas dentro de uma empresa. Esse conjunto de informações regulamentadoras — também chamado de compliance — é o que vai direcionar como a organização e suas atividades serão administradas, monitoradas e controladas. 

A governança corporativa envolve o relacionamento e a comunicação com sócios, conselhos, diretores, órgãos públicos, acionistas, fornecedores, mercado, clientes e sociedade. 

Qual é o papel da governança corporativa?

Seu principal objetivo é manter um ecossistema de transparência e ética dentro das empresas por meio de regras estabelecidas para que o relacionamento com todas as partes envolvidas seja o melhor possível. 

Por exemplo, quando uma empresa decide realizar uma ação dentro de determinada comunidade, é importante que a governança corporativa seja respeitada. Conversar com os moradores entorno do local, com a Prefeitura e com outros órgãos para explicar quais são as intenções e entender até onde a organização pode atuar. 

Outro cenário é o envolvimento com fornecedores, no sentido de que eles precisam também seguir determinadas práticas éticas que agreguem e sejam compatíveis com os valores da empresa. 

Benefícios da governança nas empresas

  • implementar normas que visam a ética e transparência; 
  • permitir o desenvolvimento econômico sustentável;
  • alinhar a comunicação; 
  • projetar melhorias para a organização e o relacionamento dela perante todos os envolvidos; 
  • aumentar a valorização da empresa;
  • estimular investimentos; 
  • construir alianças; 
  • evitar fraudes, erros e abuso de poder
  • reduzir conflitos de interesse; 
  • proteger os direitos de todos os envolvidos, principalmente acionistas. 

A governança corporativa em tempos de crise

Como vimos, a governança corporativa é o principal ponto de direcionamento dentro de uma empresa. 

Em tempos de crise, é importante seguir o conjunto de regulamentos estabelecidos por essa área para evitar maiores problemas e garantir que os princípios da organização sejam respeitados. 

Isso porque, entre os pilares da governança, então a transparência, prestação de contas, perenidade e responsabilidade corporativa. Ou seja, é necessário agir sendo verdadeiro com todos os que estão ou podem ser afetados em um período conturbado, informando, dando satisfação e agindo de forma responsável, pensando no bem coletivo. 

Nesse sentido, em um cenário de crise, é importante informar conselhos, acionistas, sociedade e outras partes sobre o que está acontecendo, quais medidas serão tomadas para minimizar os efeitos e qual é o plano de ação a partir de então. 

Assim, será possível contornar o que é desfavorável de forma mais assertiva, verdadeira e acalmando os ânimos. 

Além disso, é papel da governança também encontrar novos modelos de negócios para se reinventar, conseguindo mapear os pontos que podem favorecer e desfavorecer, tentando trabalhar de modo que os impactos negativos sejam minimizados.  

Caso sua empresa ainda não tenha uma governança corporativa, é hora de começar a pensar nessa estruturação! Esteja preparado e haja com responsabilidade! 

Continue lendo mais artigos como este na área de notícias do E-Diário Oficial

Conteúdo AG Mestre

Recent Posts

  • Matérias

Código de Ética OAB — O Que É Ético na Advocacia?

Saiba mais sobre o Código de Ética OAB, um instrumento para instruir os advogados a como conduzir a profissão com…

1 dia ago
  • Matérias

Prisão Temporária — Saiba O Que É e Para Quem Se Aplica

O Decreto-Lei Penal Brasileiro (n° 2.848/40), considera seis tipos de prisão: preventiva, em flagrante, temporária, para execução de pena, preventiva para…

2 dias ago
  • Matérias

Saiba Como Redigir e Finalizar Um Livro Ata

Em diversas ocasiões existe a necessidade de redigir um livro ata. O documento é uma forma de registrar  tudo o…

2 dias ago
  • Matérias

Conheça os Modelos de CNPJ Para Sua Empresa

Está pensando em abrir uma empresa? Conheça os principais modelos de CNPJ e quais os tipos de negócio que se…

5 dias ago
  • Matérias

Edital de Concursos — Veja Como Buscar por um Concurso

Quer encontrar um edital de concursos e não sabe como? Veja só as informações que precisa saber para entrar na…

1 semana ago
  • Perguntas Frequentes

Entenda as Diferenças entre Divórcio, Separação e Desquite

Para os profissionais de Direito, o conceito está bem claro. Mas muitas pessoas não sabem as diferenças entre divórcio, separação…

1 semana ago