Secretária Executiva: Entenda Como o Self-booking Pode te Ajudar

Encontrar o voo e o hotel perfeito para uma viagem corporativa pode levar tempo. Mas a tecnologia atual, mais especificamente o self-booking, já proporciona alternativas bem eficazes para uma secretária executiva que precisa desempenhar essa tarefa.

Em meio a uma corrida rotina de trabalho, esse sistema mostra opções adequadas às políticas da empresa e proporciona praticidade, algo extremamente importante para todos os profissionais da área.

Afinal, o que é self-booking?

Caso ainda esteja se perguntando o que é self-booking, saiba que se trata de uma ferramenta, um software de gestão de viagens. Com ele é possível fazer reservas de voos e hotéis de acordo com as regras internas da empresa. Isso significa que você pode:

  • encontrar os melhores preços (conforme as políticas de viagem que seguem);
  • reservar passagens e hospedagens dentro do horário e período desejado;
  • descobrir o tempo total da viagem, o que ajuda calcular os gastos;
  • ter acesso a relatórios de viagens feitas, podendo identificar uma possível preferência de aeroportos, companhias aéreas e hotéis.

Vantagens do sistema

Um dos benefícios de usar o self-booking é a economia de dinheiro. Como ele pode ser customizado conforme as políticas de viagem da empresa, é possível estabelecer um valor limite de gastos e condicionar as buscas a isso. Essa possibilidade favorece o controle do dinheiro e pode até diminuir os custos.

Principais benefícios do self-booking para uma secretária executiva

Praticidade. Essa certamente é a maior vantagem de utilizar um sistema de self-booking. Na prática, ele pode reduzir até 80% do tempo gasto com buscas online por voos e viagens corporativas, sendo um forte aliado da produtividade de uma secretária executiva.

Outro benefício é a variedade de opções que o self-booking oferece em um único lugar. Até carro dá para alugar pelo sistema. Isso facilita a comparação entre as alternativas e, novamente, contribui com a melhor escolha e com a economia de tempo.

Há também outra vantagem que merece destaque: a gestão das viagens não precisa ficar apenas sob a responsabilidade de uma secretária executiva, pois os funcionários da empresa podem começar a utilizar o self-booking para organizar as próprias viagens.

Isso exige que todas as políticas sejam cuidadosamente inseridas no sistema, mas também educa os colaboradores a agirem conforme as regras e ainda permite que as secretárias ganhem tempo para se dedicarem a outras tarefas.

Como secretária executiva, você gostou da ideia? Se sim, sugira a implementação do self-booking na empresa que trabalha e continue se informando sobre o assunto. Aqui mesmo, no E-Diário, temos diversas dicas sobre gestão de viagens corporativas. Confira!