Lei do Farol Aceso: 2 Pontos Para Você Entender sua Importância

Você conhece a Lei do Farol Aceso? Válida desde 8 de julho de 2016, a nova legislação trouxe algumas dúvidas e não agradou muito aos motoristas. Apesar de pecar em alguns pontos, a lei tem suas importâncias e implicações.

 

Para quem não sabe, a lei 13.920 alterou o artigo 40 do Código Brasileiro de Trânsito. O texto  define que: “o condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias”.

 

Quer entender melhor sobre a mudança? Então continue lendo este artigo.

 

Implicações da Lei do Farol Aceso

 

A nova legislação foi estruturada pensando em uma maior segurança no trânsito brasileiro, porém acabou não levando em consideração alguns fatores importantes. Ao seguir a lei do farol aceso mesmo durante o dia, não há quase custos para os carros, porém isso não acontece com os caminhões. Os automóveis de grande porte possuem um maior número de lâmpadas, fato que pode proporcionar um impacto considerável, pois costumam rodar mais em rodovias do que em vias urbanas.

 

 

Outro fator que gerou polêmica foi o fato de que em muitos locais, não existe uma sinalização adequada para informar que a via em questão se trata de uma rodovia. É válido lembrar que em diversas cidades, existem rodovias que cruzam o perímetro urbano, ou seja, o motorista usa a estrada, porém não sai dos limites urbanos do município.

 

Entenda a importância da Lei do Farol Aceso

 

 

Muitas pessoas questionam qual seria a necessidade de manter o farol aceso mesmo durante o dia. Será que faria alguma diferença na visibilidade? A resposta é sim. Mesmo de dia, com o farol ligado a visibilidade chega a aumentar cerca de 60%. Fora isso, alguns veículos de cores como cinza e preto podem de alguma forma não contrastarem com a tonalidade do asfalto, fato que pode gerar acidentes.

 

 

É importante lembrar também que em casos de sol forte, é comum ser criado o efeito de pista molhada nas rodovias, fato que dificulta o motorista distinguir se o automóvel está em na mesma ou na direção contrária. Imagine essa situação em alta velocidade? Ao ligar o farol a percepção de distância fica mais real e evidente. Ou seja, sem dúvidas, ao optar por manter os faróis acessos em rodovias pode prevenir o acontecimento de acidentes. A lei do faro já é adotada em outros países, como os Estados Unidos.

 

Este artigo foi útil para você comente e compartilhe! Para mais informações fique sempre atento às publicações do blog do E-diário Oficial.