Central de Atendimento | 0800 607 5588

Envio de Matérias para Publicação

Em vigor desde 2007, a Lei de Incentivo ao Esporte permite que pessoas físicas e empresas deduzam do Imposto de Renda o patrocínio a projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. Quer saber mais? Continue a ler esse post!

Lei de Incentivo ao Esporte

A Lei de Incentivo ao Esporte, conhecida também como Lei nº 11.438/06 estabelece benefícios fiscais que estimulem o desenvolvimento do esporte nacional, por meio de doação/patrocínio para projetos desportivos e paradesportivos. Veja abaixo, quem pode contribuir.

Pessoas físicas: podem deduzir até 6% do imposto de renda devido. Nesse caso, essa dedução concorre com os demais benefícios fiscais, uma vez que estabelece limites específicos, podendo ser aplicado em sua totalidade no incentivo ao esporte. A opção fica a critério do contribuinte.

Pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real: podem deduzir até 1% do imposto de renda devido. Nesse caso, ela não compete com outros benefícios fiscais. Por isso a fixa de renúncia fiscal é exclusiva para o setor esportivo.

Apresentação de Projetos

O termo é designado à pessoa jurídica que está legalmente autorizada a apresentar projetos no Ministério do Esporte para obter os benefícios da Lei de Incentivo ao Esporte. A entidade deverá atender os seguintes requisitos:

  • As entidades não devem possuir fins-econômicos;
  • Elas devem caracterizar a natureza esportiva dispondo expressamente sobre sua finalidade esportiva;
  • As entidades devem exercer as atividades há pelo menos um ano.

O que é um Projeto Desportivo?

É um plano elaborado pela entidade de natureza esportiva que deve apresentar os formulários fornecidos pelo Ministério do Esporte e estar enquadrado em uma das manifestações desportivas previstas na Lei de Incentivo ao Esporte.

Função Social da Lei de Incentivo ao Esporte

A lei é um importante instrumento da efetivação dos direitos sociais e cultura. Ela prevê a possibilidade de pessoas físicas e jurídicas destinarem uma parcela do Imposto de Renda devido em benefício de projetos esportivos e paradesportivos. Desse modo, estimula a participação efetiva de todos, por meio de ações diversas em um trabalho conjunto entre governo e sociedade, com aumento real dos investimentos para a população.

O programa está trazendo grandes investimentos e importantes resultados para o Brasil. Muitos tipos se beneficiaram (e ainda se beneficiam) desses incentivos fiscais.

Deseja publicar alterações nas leis com relação ao incentivo ao esporte em algum Diário Oficial? Conte com os serviços do e-Diário Oficial para fazer isso de forma rápida, prática e muito segura!

Você também vai gostar de:

  1. Remoção de Outdoors – Você conhece a Lei Cidade Limpa?
  2. Entenda Como Funciona a Lei Rouanet